Diagrama Entidade-Relacionamento (DER)

Equipe de Conteúdo do Edraw

Parte 1: O que é um Diagrama Entidade-Relacionamento?

Como já mencionamos brevemente, os diagramas ER desempenham um papel importante na criação e design de bancos de dados. Ele é um tipo de fluxograma que descreve como todas as entidades dentro de um sistema se relacionam umas com as outras – com a ajuda de representações visuais. Por exemplo, dizendo a relação e a conexão entre duas pessoas, conceitos ou coisas.

Todos os Diagramas ER são feitos com a ajuda de diferentes símbolos para descrever as entidades; retângulos, quadrados, formais ovais, losangos e setas. Além disso, um diagrama ER tem a sua própria estrutura gramatical – ele considera as entidades como substantivos e suas relações como verbos. Esta é uma estrutura básica de um Diagrama Entidade-Relacionamento:

diagramas ER

Parte 2: História dos Diagramas Entidade-Relacionamento

Os Modelos de DER estão no mundo desde o fim dos anos 1970, quando as pessoas perceberam o quanto a modelação de dados é crucial e necessária. Havia toneladas de modelos introduzidos antes, mas nenhum deles era considerado eficiente em termos de adaptabilidade.

Peter Chen, que era professor assistente na Sloan School of Management no MIT em 1970, é o pioneiro da criação do modelo DER. Ele introduziu o conceito em seu trabalho acadêmico, “The Entity-Relationship Model-Toward a Unified View of Data” (O Modelo Entidade-Relacionamento – Em Direção a uma Visualização de Dados Unificada, numa tradução livre), e apresentação para o mundo uma representação visual de bancos de dados.

Ele batizou seu modelo inicial como Diagrama de Bachman – tendo sido inspirado pelos diagramas de estrutura de dados do cientista da computação americano, Charles Bachman.

Parte 3: Uso de um Diagrama ER

Embora saibamos de modo geral que os Diagramas ER são usados como bancos de dados, vamos entender mais detalhadamente como e quando você pode usá-los para modelar os seus sistemas:

Usando o DER para Design de Banco de Dados

Diagramas ER são amplamente usados para projetar bancos de dados e mostrar a relação entre suas entidades colocando-as em tabelas. Além disso, o DER ajuda a identificar convenientemente todos os erros e falhas e a fazer correções – é por isso que ele é a ferramenta mais eficaz para design de bancos de dados.

Usando o DER no Design de Banco de Dados

O diagrama ER também é extremamente útil na resolução de problemas em bancos de dados – por ser uma representação visual, você pode notar facilmente o que deu errado, por que deu errado e fazer as correções imediatamente.

Usando o DER para Engenharia de Software

O Diagrama Entidade-Relacionamento é uma ferramenta extremamente útil para engenheiros que estão nos estágios iniciais de seus projetos de software. Ele ajuda a planejar apropriadamente, identificando a relação entre todos os elementos do sistema de dados.

Parte 4: Vantagens e Desvantagens do Diagrama Entidade-Relacionamento

Vantagens
  1. Uma Representação Visual
  2. O benefício mais notório de um DER é que ele mostra todas as informações e relações na forma de uma representação visual. A representação visual e o diagrama de fluxo de dados facilitam para que os indivíduos entendam e estudem os dados de maneira conveniente.

  3. Comunicação Produtiva
  4. Todos os dados em um DER ficam listados sob os títulos, subtítulos e tabelas apropriados e relativos. Tudo isso, junto com os símbolos e formas combinados, ajuda o usuário a ter um entendimento conveniente e apropriado da informação.

  5. Fácil de Fazer e Entender
  6. Desenhar um DER não é uma ciência de foguetes; é possível criar um diagrama ER depois de entender completamente todas as regras, termos e conceitos. Além disso, se você for um designer experiente, o processo será muito mais fácil para você.

Desvantagens
  1. Limitado a Dados Relacionais
  2. Os diagramas entidade-relacionamento são limitados a dados e tarefas relacionais – o que significa que você só pode usá-los para mostrar a relação entre os dados e retratar sua estrutura relacional.

  3. Limitado a Dados Estruturais
  4. Se você está planejando usar um DER para dados não estruturais ou semiestruturais, você deve saber que não pode. Os diagramas ER funcionam apenas para dados que são estruturados apropriadamente, e classificados em suas fileiras e colunas respectivas.

  5. É Problemático se o uso for para um Banco de Dados Existente
  6. Usar um Diagrama Entidade-Relacionamento para um banco de dados existente pode causar muitos problemas e dificuldade. Todo banco de dados tem sua própria arquitetura – é por isso que é importante usar o DER somente para novos bancos de dados.

Parte 5: Símbolos e Notações do Diagrama Entidade-Relacionamento

Para entender completamente os símbolos e notações de um DER, você precisa entender seus componentes; Entidade, Relacionamento e Atributos. Depois, esses componentes têm subcomponentes como entidade fraca, atributo multivalorado e relacionamento fraco: Estes são os símbolos de cada elemento:

símbolos e notações de um DER

Entidade: Entidade pode ser um substantivo singular – um lugar, objeto, pessoa ou qualquer coisa. Por exemplo, o nome de uma instituição educacional, o nome de um indivíduo, matérias, mensalidades, etc.

Entidade Fraca: Uma entidade fraca é uma informação movida por uma entidade já existente. Resumindo, uma entidade fraca depende da entidade principal. Veja um exemplo:

Entidade Fraca

Atributo: Um atributo basicamente é uma característica, um traço ou relacionamento que define uma entidade. Veja um exemplo:

Atributo Multivalorado: Se um atributo tiver múltiplos valores e características, ele é chamado de atributo multivalorado. Veja como:

Atributo Multivalorado

Relacionamento: Como o nome sugere, este componente define as relações entre as entidades e como elas interagem umas com as outras. Além disso, os relacionamentos são escritos sempre na forma de um verbo. Veja um exemplo:

Relacionamento

Parte 6: Como Criar um DER

Quer saber como criar um diagrama excelente e perfeito? Bem, tudo o que você precisa fazer é seguir algumas dicas e práticas simples. Vamos dar uma olhada nessas dicas:

1. Em primeiro lugar, dê uma olhada em todas as entidades no seu sistema e identifique-as. Certifique-se de colocar todas as entidades em retângulos e nomeá-las cuidadosamente.

2. Em seguida, você precisa entender a relação entre todas as entidades. Depois de identificar, conecte as entidades com linhas e mencione suas relações usando um losango entre elas (escrevendo a relação no losango).

3. Por fim, você precisa adicionar atributos para todas as entidades. Além disso, certifique-se de que você vai lembrar e entender depois quais nomes você está dando para esses atributos.

4. Dê nomes significativos e compreensíveis para todas as entidades e atributos. Certifique-se também de usar substantivos para nomear as entidades.

abrir modelo de DER

Se você quiser fazer um diagrama entidade-relacionamento simples e fácil, você pode desenhá-lo manualmente. No entanto, se você optar por um Diagrama DER mais complexo e técnico, seria melhor usar um software de diagramação excepcional e eficiente – como o EdrawMax! Ele é um dos melhores softwares de diagramação disponíveis atualmente, com toneladas de recursos benéficos para oferecer!

Saiba mais sobre criação de DER com o EdrawMax

Dicas Adicionais sobre Diagramas ER

Aqui tem algumas dicas extras que vão ajudar você a gabaritar no seu diagrama entidade-relacionamento:

  1. Certifique-se sempre de rotular apropriadamente todas as entidades e as relações entre elas.
  2. Fique de olhos abertos para quaisquer redundâncias ou repetições das entidades e dos relacionamentos.
  3. Lembre-se sempre de escolher o nível de detalhes certo para o seu DER – do conceitual ao lógico ao físico, cada um tem seu propósito.
edrawmax

Wondershare EdrawMax

Teste Grátis Mudar para Mac >
Teste Grátis Mudar para Linux >
Teste Grátis Mudar para Windows >
  • Crie mais de 280 tipos de diagramas sem esforço

  • Comece a diagramar com vários modelos e símbolos facilmente

  • Compatibilidade de arquivo superior: importe e exporte desenhos para vários formatos de arquivo, como o Visio

  • Compatível com várias plataformas (Windows, Mac, Linux, Web)

Parte 7: Exemplo de Diagrama Entidade-Relacionamento

Veja um exemplo e modelo de um Diagrama ER perfeitamente projetado e estruturado:

Exemplo de Diagrama Entidade-Relacionamento

O diagrama acima descreve perfeitamente a relação entre os alunos, suas matérias, seus professores e seus grupos. O fluxograma inteiro é completamente estruturado e todas as entidades receberam nomes compreensíveis e sensíveis.

Entidade-Relacionamento Simples

Entidade-Relacionamento Simples

Entidade-Relacionamento Binário

Entidade-Relacionamento Binário

DER de Banco de Dados para Processo de Ordem de Negócios

Um diagrama entidade-relacionamento que mostra um banco de dados simples para o processo de ordem de negócios.

diagrama entidade-relacionamento

O diagrama entidade-relacionamento mostrado na imagem acima contém seis entidades – fornecedor, cliente, ordem, item, produto e entrega. Há cinco tipos de relacionamentos, como fornecido por, solicitado em, usado em, incluso em e enviado por. No nosso exemplo, cada entidade inclui alguns atributos associados a cada entidade. Em um exemplo do mundo real, cada uma delas teria muitos atributos diferentes.

Veja mais exemplos e modelos de DER

EdrawMax - Software de Diagrama Tudo-em-um

Simplifique o seu fluxo de trabalho visual e compartilhe em qualquer lugar.

Teste Grátis Mudar para Mac >
Teste Grátis Mudar para Linux >
Teste Grátis Mudar para Windows >
Equipe de Conteúdo do Edraw

As pessoas também gostar