logo
Uma Ferramenta Versátil de Mapeamento Mental para Várias Plataformas.
appstore
Obtenha de App Store
Obter
logo
Uma ferramenta versátil de mapeamento mental para várias plataformas.
appstore
Obtenha de App Store
Obter
edraw-max-horizontal
Guia
O que há de novo?
Edraw Max online
Download Grátis
Compre Agora

Software de Diagramas IDEF0 – Crie diagramas IDEF0 rapidamente com exemplos e modelos.

> Flowchart > Software de Diagramas IDEF0 – Crie diagramas IDEF0 rapidamente com exemplos e modelos.
Posted by Ana Sophia | 09/21/2020
Software de Diagramas IDEF0 – Crie diagramas IDEF0 e diagramas empresariais rapidamente com imensos exemplos e modelos. Conheça um pouco acerca de IDEF0.

Definição de IDEF

Diagrama IDEF

IDEF é baseia-se na Análise Estruturada e Técnica de Design (SADT), uma abordagem gráfica para a descrição de sistemas, introduzida por Douglas T. Ross no início dos anos 70. Desde então, os analistas de sistemas da Softech Inc. refinaram e usaram a SADT numa vasta variedade de problemas. Em 1981, o Programa da Força Aérea dos Estados Unidos para a Manufatura Assistida por Computador Integrada (ICAM) padronizou e tornou público um subconjunto de SADT, designado IDEF.

O Diagrama IDEF0 foi usado originalmente para aplicar métodos estruturados para se compreender melhor como se podia melhorar a produtividade na manufatura. O IDEF0 foi inicialmente criado na Northrop Corporation em 1966, e foi disponibilizado comercialmente pela primeira vez pela SofTek em 1972. Um diagrama de atividade IDEF0 contém um nível de decomposição dum processo. As caixas dentro do diagrama mostram os subprocessos do processo principal nomeado pelo diagrama. As setas entre as caixas mostram o fluxo dos produtos entre os processos.

Software de IDEF0 Inovador

O Edraw Max é um software de diagramas IDEF0 fácil de utilizar que cria diagramas IDEF0 e diagramas empresariais rapidamente com imensos exemplos e modelos.

Software de IDEF0

Baixe Grátis o Software de IDEF0 e Veja Todos os Exemplos

Construa diagramas hierárquicos utilizando os modelos de diagramas de processo IEDF0 para o gerenciamento de configuração de modelos, análise de necessidades e benefícios, definições de requisitos e modelos de aperfeiçoamento contínuo.

Requisitos do Sistema

  • Funciona no Windows 7, 8, 10, XP, Vista e Citrix
  • Funciona no Windows 32 e 64 bits
  • Funciona no Mac OS X 10.2 ou superior
  • Recursos do Software

    O Edraw é:
    1. de última geração
    2. baseado em vetores
    3. para além de Diagramas IDEF0, IDEF1, IDEF2, ele consegue criar mais de 200 tipos de diagramas
    4. fácil de utilizar com interface de arrastar e soltar, símbolos prontos e ferramentas de formatação automática
    5. acompanhado por uma pletora de modelos e exemplos de ótimo design
    6. concebido com ampla compatibilidade de formatos de arquivo

    Formas de Diagramas IDEF0

    Os diagramas IDEF0 incluem tipicamente os seguintes componentes:

    Diagrama de contexto - O principal diagrama num modelo IDEF0.

    Diagrama pai/filho - Uma decomposição hierárquica utilizando relações pai/filho.

    Árvore de nós - Estrutura de nós em forma de árvore enraizada num nó escolhido, e usada para representar uma decomposição completa do IDEF0 num único diagrama.

    Formas de Diagramas IDEF0

    Os Benefícios de Usar o IDEF0 para Modelar Processos Empresariais

    1. Compreensão – modelar ajuda a descobrir a natureza do negócio que está sendo modelado, ou seja, o que está sendo feito nesse negócio.
    2. Comunicação – assim que o entendimento tiver sido alcançado, a natureza dos processos do negócio pode ser documentada e esses documentos são facilmente comunicados.
    3. Esclarecimento – modelar ajuda a revelar anomalias, deficiências, redundâncias e ineficiências no processo empresarial existente (no estado em que está).
    4. Aperfeiçoamento – um modelo permite que você selecione áreas deficientes do negócio e os seus processos para as aperfeiçoar.
    5. Reestruturação – um modelo oferece uma base tangível para reestruturar o processo, realizando simulações dos processos empresariais reestruturados (como será) conforme definido pela estratégia. Isto significa que as estratégias podem ser testadas antes de ocorrer a implementação.

    As Técnicas de Modelagem IDEF0

    Um modelo IDEF0 representa as atividades do negócio do ponto de vista do negócio, como essas atividades empresariais se correlacionam, os recursos que são utilizados para efetuar cada atividade e o resultado ou produto de cada atividade. O modelo consiste em gráficos e textos associados que facultam suporte aos gráficos.

    A técnica de modelagem IDEF0 consiste numa linguagem gráfica e num processo de modelagem que pode ser utilizado para desenvolver uma descrição do processo rica. Esta é uma forma intuitiva de definir, analisar e documentar um negócio como um todo e os processos desse negócio.

    A notação IDEF0 foi padronizada em 1993 pelo Instituto Nacional de Padrões e Tecnologias do Departamento de Comércio dos Estados Unidos e é uma metodologia de domínio público. O IDEF0 é um subconjunto da metodologia de modelagem de sistemas IDEF0 completa, que inclui a modelagem de processos e informações.

    Há uma série de notações de modelagem de processos empresariais e de informações por aí. A maior parte delas faz parte de metodologias patenteadas desenvolvidas por firmas de consultoria.

    O IDEF0, estando em domínio público, desmantela a Torre de Babel ao ponto de se poder alcançar a questão principal e a comunicação dum modelo.

    A modelagem do negócio inteiro e dos seus processos é especialmente difícil porque, mesmo em empresas de pequeno e médio porte, os processos empresariais são complexos e referidos como sendo de média complexidade. O método IDEF0 facilita a modelagem do negócio como um sistema complexo para que ela possa ser compreendida e aperfeiçoada.

    Modelagem de Processos Empresariais Utilizando Diagramas IDEF

    Os diagramas IDEF (Definição Integrada) surgiram em 1981 como parte do projeto de Manufatura Assistida por Computador Integrada (ICAM). Existem diversos métodos IDEF, mas dois deles servem como a base para os modelos de processos empresariais: o método IDEF0, que se foca na modelagem da atividade e o método IDEF3, que realiza a descrição dum projeto e que pode ser utilizado para gerar rapidamente modelos de simulação de eventos discretos (Mayer et al, 1998). O método IDEF0 foi concebido para modelar as decisões, ações e atividades duma organização ou outro sistema e visa comunicar e analisar a perspectiva funcional dum sistema (Mayer et al 1998).

    Talvez o principal ponto forte do IDEF0 seja a sua simplicidade, já que ele usa somente uma construção notacional, denominada de ICOM (Mecanismo de Entrada-Controle-Saída). O IDEF3 descreve os processos como sequências ordenadas de eventos e atividades. Sendo assim, o IDEF3 é uma técnica de modelagem de fluxo de processos orientada por cenário, com base na captura direta das relações de precedência e casualidade entre as situações e eventos (Mayer et al 1998). O objetivo dum modelo IDEF3 é facultar um método estruturado para expressar o conhecimento dos especialistas do domínio sobre como um sistema ou organização em particular funciona (ao contrário do
    IDEF0, que visa principalmente identificar quais atividades a organização realiza). Similar ao IDEF0, o principal ponto forte do IDEF3 é a simplicidade das suas notações, que contam apenas com uma construção básica, designada por UOB (Unidade de Comportamento).

    Exemplos de Diagramas IDEF0

    É fácil iniciar um fluxograma IDEF a partir dos exemplos ou modelos existentes. Diretamente no software, você pode encontrar fluxogramas IDEF bem construídos que você pode utilizar.

    diagrama idef0

    Veja também:

    Software de Diagrama IDEF0 para Linux – Fácil e Eficaz

    Fluxograma IDEF2

    Diagramas de Fluxo de Dados

    Como Você Pode Criar um Fluxograma

    Software de Fluxogramas Alternativo ao Visio

    Comece a Usar! Você Vai Amar Este Software Para Diagramação Fácil de Usar.

    O Edraw Max é perfeito não apenas para fluxogramas de aparência profissional, organogramas e mapas mentais, mas também para diagramas de rede, plantas baixas, fluxos de trabalho, design de moda, diagramas UML, esquemas elétricos, ilustrações científicas, e diversos gráficos... e isso é só o começo!