logo
Uma Ferramenta Versátil de Mapeamento Mental para Várias Plataformas.
appstore
Obtenha de App Store
Obter
logo
Uma ferramenta versátil de mapeamento mental para várias plataformas.
appstore
Obtenha de App Store
Obter
edraw-mindmaster-horizontal
Guia
O que há de novo?
Download Grátis
Compre Agora

Mapa Mental sobre Primeira Guerra Mundial | Mindmaster

> Conhecimentos sobre História > Mapa Mental sobre Primeira Guerra Mundial | Mindmaster
Posted by Ana Sophia | 08/07/2020

A Primeira Guerra Mundial (1914 – 1918) foi um dos principais acontecimentos históricos do século XX. Ela é tão importante para entender a História de nosso tempo quanto é incrivelmente complexa.

Portanto, a melhor maneira de estudá-la é identificando suas principais características e organizando-as num poderoso mapa mental, criado com Mindmaster.

Mapa mental sobre Primeira Guerra Mundial Com Mindmaster

mapa mental sobre primeira guerra mundial

Antecedentes da Primeira Guerra Mundial

Para contextualizar historicamente a Primeira Guerra Mundial, podemos listar alguns fatores antecedentes importantes:

  • Imperialismos: Historiadores como o inglês Eric Hobsbawn creditam o conflito ao desenvolvimento dos imperialismos europeus. As nações europeias conduziam uma disputa por territórios coloniais na África e na Ásia desde a metade do século XIX.
    Esses territórios tinham potencial tanto como fontes ricas de matérias-primas para indústria quanto de servir como mercados consumidores para exportações europeias.
  • Territórios conflituosos: Os países da região dos Bálcãs e o Império Turco-Otomano eram regiões com populações vulneráveis a conquistas de estrangeiros e altamente disputados pelas potências europeias. Esses territórios seriam divididos entre os vencedores do conflito, a partir de 1918.
  • Desequilíbrio de poderes: Desde 1815, as potências europeias mantinham um sistema diplomático chamado Concerto das Nações. Era um esforço para evitar conflitos militares entre os países por meio de tratados e conferências, e que foi eficaz por décadas.
    Porém, ele apresentava algumas falhas graves, que não resistiram a uma escalada dos nacionalismos: diálogo pouco transparente, acordos secretos, alianças militares instáveis e secretas.
  • Nacionalismos: As ideologias nacionalistas foram estimuladas nos países combatentes por anos, a ponto de criar um “ambiente” para o conflito. A crença da superioridade de uma nação criou justificativas para escaladas armamentistas, conquistas territoriais, defesa nacional contra um “inimigo externo”, entre outras escolhas pouco diplomáticas.

O processo de Primeira Guerra Mundial

O início e as partes em conflito

Apesar da situação de antecedentes complexos, o estopim da Primeira Guerra Mundial é conhecido: o assassinato do arquiduque austríaco Francisco Ferdinando. Esse herdeiro do trono do Império Austro-Húngaro foi baleado em 28 de junho de 1914, durante uma carreata em Sarajevo, Bósnia.

O assassinato era um atentado do grupo terrorista sérvio Mão Negra contra a tentativa de domínio austro-húngaro. Porém, provocou um incidente internacional de proporções inimagináveis:

  • O Império Austro-Húngaro declarou guerra à Sérvia.
  • A Sérvia era aliada à Rússia, que declarou guerra ao Império Austro-Húngaro.
  • A Alemanha era aliada do Império Austro-Húngaro e declarou guerra à Rússia.
  • A Alemanha resolve tentar a conquista também de territórios franceses. Para isso, invade a Bélgica.
  • A França, atacada, declara guerra à Alemanha.
  • O Reino Unido era aliado da Bélgica e entra em guerra com a Alemanha.

Com o tabuleiro da guerra montado, as nações se dividiram em duas alianças:

Entente Cordial: Rússia, França e Reino Unido.

Tríplice Aliança: Alemanha, Império Austro-Húngaro e Itália. Apesar de “tríplice”, o grupo também recebeu apoio importante do Império Otomano.

Estados Unidos e Brasil

Durante o conflito, outros países tiveram participação em ambos os lados. Por exemplo, os Estados Unidos e o Brasil: ambos somente entraram na Guerra em 1917.

O mundo era muito menos conectado então do que hoje e os países se mantinham neutros durante o conflito, até que vários ataques de submarinos alemães a embarcações comerciais de ambos os países levaram a uma mudança de posição. Ambos se aliaram à Entente Cordial.

Capitulação russa

É interessante notar que também em 1917, durante a guerra, aconteceu a Revolução Bolchevique na Rússia.

Isso levou o país a negociar o Tratado de Brest-Litovsk: ele previa a saída russa da guerra com a Alemanha para cuidar das questões internas, dando em troca aos alemães uma grande porção de seu território.

Guerra moderna e de trincheiras

A Primeira Guerra Mundial foi pioneira no uso de tecnologias modernas de combate: armas químicas, submarinos, aviões de guerra, minas terrestres e tanques de guerra foram algumas das infelizes novidades que fariam desse conflito uma máquina de matar 17 milhões de pessoas, além de 20 milhões de feridos.

Além de capacidade de fogo muito maior, essas novas tecnologias mudaram a dinâmica da guerra como um todo. As guerras do século XIX eram travadas com cavalarias e infantarias se combatendo em campo, mas a Guerra de 1914 colocava linhas de soldados com armamentos modernos para se enfrentar à distância.

Essas “linhas” eram as trincheiras, escavadas na terra. Os combatentes passavam meses enfurnados nelas, em péssimas condições sanitárias e expostos às intempéries e a pilhas de cadáveres. Como resultado, eram as doenças contagiosas e as gangrenas se somavam a outros flagelos da guerra. Muitas trincheiras deixaram marcas permanentes no território europeu até hoje.

Consequências

A Guerra terminou em 11 de novembro de 1918, com a rendição alemã. Os outros países da Aliança já tinham se rendido. Além dos milhões de mortos e das dificuldades econômicas nos anos seguintes, as principais consequências da Guerra foram o Tratado de Versalhes e a Liga das Nações.

O Tratado de Versalhes definiu punições à Alemanha e compensações aos países vencedores. A Alemanha foi obrigada a abrir mão de 13% de seu território de antes do conflito, perdeu suas colônias, teve que pagar pensões às vítimas da guerra e suas famílias, teve bens no exterior confiscados e foi obrigada a reduzir o tamanho de suas forças armadas.

Essas imposições “humilhantes” levariam o país a tentar retomar sua “glória” por meio de revanche na Segunda Guerra.

Já a Liga das Nações (1919 – 1946) era uma organização diplomática permanente, criada para promover o desarmamento e a solução pacífica de conflitos. Ela seria responsável também por administrar os territórios repartidos pelos vencedores da guerra de maneira civilizada.

Infelizmente, essa sociedade foi incapaz de evitar a volta das tensões nacionais e uma nova guerra. A Liga das Nações daria lugar à Organização das Nações Unidas em 1946.

O Que é Mindmaster

Mindmaster é uma ferramenta digital de mapeamento mental leve e simples de usar. Esse programa desenvolvido pela Wondershare combina a modernidade e a qualidade habitual da empresa para trazer algo inovador: soluções gráficas de diagramas com qualidade profissional para pessoas que não têm formação específica em design.

mindmaster interface

Os recursos do Mindmaster

Mindmaster é a maneira mais interessante de criar mapas mentais de maneira simples, e os seguintes atributos explicam por quê:

  • Interface simples: Menus intuitivos, bem-organizados e claros garantem que o usuário complete sua tarefa sem se perder durante o processo!
  • Acervo fenomenal: Um catálogo com temas e desenhos de mapas e diagramas para diversas finalidades está inteiramente à sua disposição com um objetivo: criar o melhor mapa mental!
  • Imagens em alta qualidade: Mindmaster conta com menus inteligentes e busca simples de mais de 700 imagens e formas, que servirão para criar os mais criativos mapas!
  • Arraste e solte: A dinâmica de arrastar e soltar objetos do menu direto na tela de trabalho vai agilizar a criação de mapas mentais como em nenhum outro programa do tipo!
  • Modo brainstorming: Se o seu objetivo é criar algo grandioso em grupo, o modo brainstorming vai organizar visualmente a colaboração de várias pessoas num criativo e poderoso mapa mental!
  • Gerenciamento de projetos: O modo Gantt do Mindmaster transforma o programa num planejador gráfico avançado para aumentar sua produtividade radicalmente!
  • Apresentação de slides: Além de permitir a criação facilitada, Mindmaster conta com um excelente modo de apresentação para abrilhantar suas exposições acadêmicas e palestras profissionais!
  • Mulltiplataforma: MindMaster é uma ferramenta versátil porque funciona em diversas plataformas, incluindo computador, celular e tablet, e com vários sistemas operacionais!
  • Exportação e compartilhamento: Mindmaster oferece diversas opções de formatos para exportação de arquivos e alternativas de compartilhamento – dê um fim aos problemas de compatibilidade e comunicação!

Requisitos de plataforma e sistema

Mindmaster é uma plataforma compatível com computadores, tablets e celulares. Além disso, pode ser instalada em máquinas funcionando sob diversos sistemas operacionais:

  • Windows – Versão V.7.3.1, disponível para Windows de versões Vista, 7, 8 e 10 (32 ou 64 bits).
  • Mac – Versão 7.2.1, disponível para sistemas Mac OS X 10.10 e superiores.
  • Linux – Versão 7.2, disponível para sistemas Debian, Ubuntu, Fedora, CentOS, OpenSUSE, Mint, Knoppix, RedHat, Gentoo e mais.
  • Android – Versão 1.2.0, disponível para versões Android 4.4 ou superior.
  • iPhone e iPad – Versão 2.1.0, disponível para iOS 11.0 ou posterior.

O programa também está disponível na versão Web, para uso conectado à internet, sem necessidade de download.

Consideração Final

Criar qualquer tipo de mapa mental torna-se uma tarefa simples e divertida com Mindmaster. As possibilidades criativas são infinitas, o modo de uso é simples e o preço é reduzido. Mindmaster é o maior aliado dos estudantes para memorizar e entender temas complexos – experimente e comprove!

Baixe Gratuitamente Modelos Online de Mapas Mentais Populares

Escolha à partir de uma ampla variedade de modelos de mapas mentais para negócios, educação e dicas de vida. Baixe qualquer um dos modelos para o seu uso pessoal.